Total de visualizações de página

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

NEMATELMINTOS – 7º ANO


                     Os nematelmintos, também chamados nematódeos, são vermes de corpo cilíndrico afilado nas extremidades.
                Muitas espécies de nematelmintos são de vida livre e vivem na água ou na terra, mas outras são parasitas de plantas e de animais, inclusive do homem.
                Nematelmintos possuem sistema digestório completo, da boca ao anus, os sexos são separados, sendo os machos geralmente menores que as fêmeas.

                Alguns exemplos de nematelmintos parasitas do homem são os ancilóstomos, as lombrigas, os oxiúros e as filárias.
- Ancilóstomos (Ancylostoma duodenale) – Com cerca de 1 cm, esses vermes possuem ganchos na boca que provocam hemorragias para se alimentarem do sangue, o que provoca anemia no hospedeiro e faz a doença causada por estes também ser chamada amarelão.


As larvas do ancilóstomo entram na pele quando a pessoa anda descalça na terra contaminada, vai para o sangue, daí para o tubo respiratório e é engolido para se tornar verme adulto no intestino. No intestino o verme adulto elimina ovos que serão eliminados com as fezes. 


Para evitar ancilóstomos é importante saneamento básico, não andar descalço em solos que possam ter o parasita, além da higiene.
- Lombrigas (Ascaris lumbricoides) – Mede cerca de 25 cm e vivem no intestino humano. Uma pessoa geralmente tem cerca de 4 a 10 lombrigas, mas pode ter muito mais. As lombrigas se alimentam de nutrientes do intestino e causam náuseas, vômitos, cólicas e emagrecimento.


Milhares de ovos das lombrigas fêmeas são eliminados do intestino humano com as fezes por dia, e podem contaminar a água e os alimentos. Ao chegarem aos intestinos, os ovos liberam larvas que passam para o sangue e vão para o sistema respiratório, são engolidas e retornam ao intestino para se transformar em adulto. 


Para evitar lombrigas é importante saneamento básico, lavar bem os alimentos como frutas e verduras e beber água tratada. 

6 comentários: